Escrito em 1972, numa época em que Angola vivia ainda sob o jugo colonial, esta é a história de um jovem guerrilheiro do MPLA de carácter determinado  que se faz homem aprendendo a pensar pela própria cabeça.
Uma história terna que não deixará nenhum leitor indiferente.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Memórias Póstumas de Brás Cubas